TikTok agora permite silenciar comentários durante lives

Views:
0

Empresa revelou novidade em relatório de transparência. Entre abril e junho de 2021 a plataforma afirma ter removido 81 milhões de vídeos, 7,4 milhões deles no Brasil. Ícone do aplicativo TikTok.
AP Photo/Kiichiro Sato
O TikTok, popular aplicativos de vídeos curtos, anunciou na última quarta-feira (13) que as pessoas poderão silenciar comentários e perguntas de usuários específicos durante transmissões ao vivo, conhecidas como live.
O recurso foi revelado junto com o relatório de transparência da plataforma, que revela a quantidade de conteúdos removidos por violarem as regras de moderação, e visa combater os episódios de bullying e abuso.
“O anfitrião ou seu ajudante de confiança podem silenciar temporariamente um espectador com comportamento indelicado, por alguns segundos ou minutos, ou durante toda a transmissão”, explicou a companhia.
LEIA MAIS:
Após morte do filho em agosto, cantora Walkyria fez alerta: ‘Vigiem. A internet está doente’; vídeo
Em setembro, TikTok atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês
Caso alguém seja silenciado, o histórico de comentários dela será removido da live.
Recurso para silenciar comentários durante transmissões ao vivo no TikTok
Reprodução
A plataforma disse ter removido mais de 14,8 milhões contas foram removidas que violaram suas regras no 2º trimestre de 2021, entre abril de junhoo. Dessas, 11,2 milhões foram contas de menores suspeitos de terem menos de 13 anos (idade mínima para se cadastrar no app). Segundo o TikTok, isso represente menos de 1% de todas as contas do app.
Foram deletados mais de 81 milhões de vídeos que violaram as diretrizes. Desses, 7,4 milhões foram no Brasil – o país é o terceiro com mais remoções no TikTok.
A companhia diz que isso representa menos 1% de todos os conteúdos carregados no serviço. A lista dos 5 países com mais vídeos apagados ficou com:
Estados Unidos: 11,4 milhões de remoções
Paquistão: 9,8 milhões de remoções
Brasil: 7,4 milhões de remoções
Rússia: 4,7 milhões de remoções
Indonésia: 4,7 milhões de remoções
Os principais motivos para os vídeos saírem do ar foram “segurança de menores” (41,3% dos casos) e “atividades ilegais e mercadorias regulamentadas” (20,9%), o que inclui drogas, tabaco, álcool e outras substâncias controladas ou bens regulamentados.
Quanto ao momento da remoção dos vídeos, a empresa explicou que:
94,1% foram tirados do ar antes de um usuário reportá-los;
87,5%, antes de receberem qualquer visualização;
93%, em menos 24 horas após serem publicados.
No 1º semestre de 2021, entre os meses de janeiro e março, a porcentagem dos conteúdos retirados antes de receberem qualquer visualização foi de 81,8%, enquanto a porcentagem de remoções em 24 horas foi de 93,1%.
Saiba como funciona o TikTok
TikTok: o aplicativo chinês que conquistou milhões de usuários

Curta ou Compartilhe esse anúncio
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *