Preços do petróleo sobem perto de máxima de 3 meses após acordo comercial EUA-China

Views:
2

Barril de Brent é negociado nesta segunda-feira acima de US$ 65. Média de preços do petróleo Brent, referência para o mercado global, está prevista em US$ 52,52 por barril este an
Reuters
Os contratos futuros do petróleo operavam perto de máximas de três meses nesta segunda-feira (16), apoiados pelo anúncio na semana passada de que um acordo comercial “fase um” foi alcançado entre Estados Unidos e China.
O petróleo Brent subia 0,18 dólar, ou 0,28%, a US$ 65,4 por barril, às 9h40 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos era negociado estável, a US$ 60,07.
Os Estados Unidos e a China anunciaram na sexta-feira um acordo de “fase um” que reduzirá algumas tarifas dos EUA em troca do que as autoridades norte-americanas disseram que seria um grande salto nas compras chinesas de produtos agrícolas e outros bens dos EUA.
“O que o mercado precisa agora, porém, é de clareza sobre exatamente o que o acordo implica”, disseram analistas da ING Economics. “Quanto mais tivermos que esperar por esses detalhes, maior a probabilidade de os participantes do mercado começarem a questionar o quão bom é o acordo.”
O acordo de sexta-feira evitou tarifas adicionais sobre mercadorias chinesas no total de 160 bilhões de dólares que os Estados Unidos deveriam impor no fim de semana.
O representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, disse no domingo que o acordo quase dobrará as exportações dos EUA para a China nos próximos dois anos e foi “totalmente concluído”, apesar da necessidade de tradução e revisão do texto.
“Parece que o mercado agora precificou totalmente o acordo comercial da primeira fase, portanto, precisaremos de mais notícias se quisermos superar a importante resistência (técnica) que está à frente”, disse Michael McCarthy, estrategista-chefe de mercado na CMC Markets.

Curta ou Compartilhe esse anúncio
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *