Déficit orçamentário dos EUA salta a US$ 984 bilhões no ano fiscal 2019, o maior em 7 anos

Views:
2

É a primeira vez desde o início da década de 1980 que o rombo no orçamento aumentou por quatro anos consecutivos. Ganhos nas receitas fiscais foram compensados ​​por maiores gastos e pagamentos do serviço da dívida
pasja1000/Creative Commons
O governo dos Estados Unidos terminou o ano fiscal de 2019 com o maior déficit orçamentário em sete anos, com os ganhos nas receitas fiscais compensados ​​por maiores gastos e pagamentos do serviço da dívida, informou o Departamento do Tesouro norte-americano nesta sexta-feira (25).
É a primeira vez desde o início da década de 1980 que o rombo no orçamento aumentou por quatro anos consecutivos. Os números refletem o segundo ano de administração do orçamento total pelo governo de Donald Trump, um republicano, em um momento no qual a economia norte-americana tem uma base tributária em expansão, um crescimento econômico moderado e uma taxa de desemprego próxima do menor nível em 50 anos.
O déficit orçamentário dos EUA aumentou para US$ 984 bilhões, correspondendo a 4,6% do Produto Interno Bruto (PIB). No exercício fiscal anterior, o déficit anual foi de US$ 779 bilhões, ou 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB).
As receitas totais aumentaram 4%, para 3,5 trilhões de dólares, mas as despesas aumentaram 8,2%, para US$ 4,4 trilhões.
“Norte-americanos de todas as esferas de vida estão florescendo novamente graças às políticas pró-crescimento adotadas por este governo”, disse o diretor interino de Gestão e Orçamento, Russ Vought, em comunicado junto com os números.
O déficit atingiu um pico de US$ 1,4 trilhão em 2009, devido à execução de medidas de emergência, por parte do governo Obama e do Congresso, para apoiar o sistema bancário dos EUA durante o período da crise financeira global de 20.

Curta ou Compartilhe esse anúncio
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *