Aircastle vai recorrer de decisão que permitiu à Avianca Brasil manter aviões até abril

Views:
5

Com dívidas de R$ 493,9 milhões, empresa aérea está em recuperação judicial desde meados de dezembro. Aeronave da Avianca aguarda autorização para decolagem no Aeroporto de Congonhas, em SP
Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo
A empresa de leasing de aviões Aircastle informou nesta segunda-feira (4) que pretende recorrer da decisão que permitiu a Avianca Brasil manter aviões em sua frota até abril, tomada na semana passada pelo juiz de recuperação judicial da companhia aérea, segundo informações da Reuters. Em comunicado nesta segunda-feira, a Aircastle informou que vai continuar buscando garantir seus direitos.
No final da sexta-feira, a Avianca Brasil afirmou que o juiz da recuperação judicial da companhia decidiu dar à empresa tempo até uma assembleia de credores no início de abril para tentar encontrar uma solução para seus problemas financeiros.
A companhia aérea busca renegociar parcelas em atraso com oito empresas de arrendamento. Desse total, cinco credores também informaram na Justiça que não aceitaram a proposta da Avianca Brasil para o pagamento das dívidas. Juntas, as empresas solicitaram a devolução de 24 aviões e motores.
No dia 14 de janeiro, a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo mediou uma audiência de conciliação entre a companhia aérea e empresas de arrendamento. Ficou definida a suspensão das ordens de reintegração de posse de aviões e motores até a última sexta-feira.
De acordo com o pedido de recuperação judicial, a dívida total da Avianca Brasil é de R$ 493,9 milhões.

Curta ou Compartilhe esse anúncio
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *